100% Puro: Vitória Sobre Tentação

de Dennis Downing

Havia uma vez um homem que tinha como animal de estimação um leopardo. Um dia o leopardo estava lambendo a mão de seu mestre quando um dos seus dentes raspou aquela mão. De repente, o leopardo saboreando o gosto de sangue virou e atacou seu mestre. O animal de estimação matou seu dono. Você talvez não iria ser tão insensato de criar um animal silvestre tão perigoso quanto um leopardo. Mas, você pode estar criando algo mais perigoso ainda se você alimenta hábitos ou amizades ou contatos com pessoas ou situações que podem acabar com sua vida espiritual. Você está criando um animal de estimação perigoso?

Os Provérbios do Diabo

Nosso adversário, o diabo, é muito esperto. Ele sabe apelar também para nosso desejo de ser esperto e inteligente. Às vezes queremos ser inteligentes e aproveitar ao máximo as oportunidades que temos. Mas, creio que às vezes nosso inimigo coloca pensamentos nas nossas cabeças que podem nos levar a uma grande queda. Pelo menos, ele deve ficar contente quando nos vê pensando assim. Em seguida vou relatar alguns “provérbios do diabo” que tenho observado. São pensamentos que, quando seguidos, podem nos levam a pecar.

1. “O pasto está sempre mais verde do outro lado da cerca.”

Já notou que o namorado daquela moça popular na escola sempre parece mais bonito, e charmoso que o seu? Talvez é a roupa dela, o cabelo dela, ou o fato que os pais dela tem mais dinheiro que os seus.

Já olhou para algum amigo e pensou “Poxa, se eu tivesse um carro como ele…” “Se eu tivesse um computador, se eu tivesse um bom emprego, se eu tivesse ….” Sempre parece que há algo melhor, maior, mais bonito, mais desejável com a outra pessoa.

Prov 27:20 “O inferno e o abismo nunca se fartam, e os olhos do homem nunca se satisfazem.”

De certa forma o que estamos dizendo a Deus com isso é “Eu não estou satisfeito com aquilo que o Senhor me deu. O Senhor errou na medida. Eu mereço melhor.” Com isso o inimigo começa a ganhar espaço para trabalhar nas nossas mentes e nas nossas vidas. Solução: Agradecer a Deus por tudo que você tem.

2. “Deus vai me impedir de pecar.”

Você já brincou um jogo sobre a tentação? Ele vai da seguinte forma: Você está enfrentando uma tentação. Então, você pense para si mesmo “Se Deus não quiser que eu faça isso, então ele vai me parar.” Eu já vi gente que orava algo assim “O, Senhor, se eu realmente não devo ir para aquela festa ou sair com tal rapaz, então impeça ele de chegar aqui ou me faça parar no caminho.” A Bíblia não diz que Deus sempre vai provar uma força para resistir?

1 Cor 10:13 “Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.”

É verdade que a Bíblia nos prometa livramento, uma saída para não pecar. Mas, muitas vezes enfrentamos a tentação e nada acontece. Caímos e pecamos como se Deus não tivesse nos ajudando. Parece que Deus não respondeu a seu pedido. Será então que Deus permitiu?

Na hora em que José foi tentado pela mulher de Potifar (Gen 39:6-20) ele recebeu alguma visão ou revelação que o ajudasse a resistir? Quando Daniel foi ameaçado com a morte se continuasse orando para Deus, ele recebeu alguma ajuda especial?

Como foi então que estes homens resistiram? De onde veio o livramento? José resistiu a tentação porque ele já havia decidido não pecar contra Deus. Daniel continuou fiel a Deus porque já havia decidido que sua confiança era em Deus.

Geralmente pensamos que o livramento vem na hora da tentação, como se Deus fosse mandar um anjo para nos obrigar a parar de ir àquela festa ou entrar naquele quarto de motel. Mas a hora do livramento de Deus vem bem antes.

Efé 6:13 “Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis.”

Paulo nos chama a colocar toda a armadura de Deus antes de chegar a tentação. Note que ele não diz, quando chegar a tentação, corra para calçar seus pés com o Evangelho. Quando é a hora do livramento de Deus? É hoje.

Solução: Se preparar agora. Se fortalecer hoje contra o inimigo. A hora de colocar a armadura que nos ajudará a resistir a tentação é agora, antes da tentação.

3. “É só uma vez.”

A primeira vez pode ser também a última para sua condenação.
Quantas vezes Davi cometeu adultério? - uma
O adultério de Davi, uma só vez, levou às seguintes conseqüências:
- uma outra pessoa foi levada a pecar - Bate Seba
- o marido dela, Urias, foi assassinado
- a morte do filho de Davi, o filho de Bate Seba
- a briga entre os filhos de Davi sobre uma mulher
- a morte de dois dos filhos de Davi
- o povo de Deus ficou dividido entre Absalão e Davi

Tudo isso veio como resultado de apenas um pecado.

Sua primeira vez com alguns pecados pode ser sua última:
1. É com a primeira vez que você transar com alguém que perde para sempre sua virgindade.
2. É com uma única vez de ter relações sexuais que você pega a AIDS ou outras doenças sexualmente transmissíveis.
3. É com o primeira copo de bebida que o alcoólatra começa sua queda para o vício. Não foi o último copo que o destruiu, mas o primeiro.

Solução: Fugir

Um dos primeiros passos que precisamos tomar é de fugir daquilo que nos tenta. Há várias tentações na Bíblia e em alguns casos somos exortados a resistir. Paulo aconselha os irmãos em Éfeso a ficarem firmes contra “as ciladas do diabo.” (Efé 6:11). Tiago e Pedro aconselham os irmãos a resistirem o diabo (Tiago 4:7; 1 Pedro 5:9). Há situações em que não tem saída. Se um Cristão está sendo ameaçado pelo governo por pregar o Evangelho, ele não tem como fugir. Ele tem que ficar firme, resistir e pregar.

Mas, há outras situações em que nós podemos nos proteger. O conselho de Paulo é um só “Fugi da impureza.” (1 Cor 6:18 “porneia”) ele diz para os Cristão em Corinto.

Há situações em que o melhor é simplesmente sair correndo. Para o jovem Timóteo, Paulo aconselha que ele também foge das paixões 2 Timóteo 2:22 “Foge, outrossim, das paixões da mocidade. Segue a justiça, a fé, o amor e a paz com os que, de coração puro, invocam o Senhor.”

Chaves Para a Vitória

Uma das chaves para resistir a tentação é cuidando do olho e não olhando coisas que provocam pensamentos pecaminosos. A Bíblia fala do poder do olho. Sl 101:3 “Não porei coisa injusta diante dos meus olhos; aborreço o proceder dos que se desviam; nada disto se me pegará.”
Pr 17:24 “A sabedoria é o alvo do inteligente, mas os olhos do insensato vagam pelas extremidades da terra.”
Pr 27:20 “O inferno e o abismo nunca se fartam, e os olhos do homem nunca se satisfazem.”
Ec 1:8 “Todas as coisas são canseiras tais, que ninguém as pode exprimir; os olhos não se fartam de ver, nem se enchem os ouvidos de ouvir.”
Ec 6:7 “Todo trabalho do homem é para a sua boca; e, contudo, nunca se satisfaz o seu apetite.”
Mat 5:29 “Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti; pois te convém que se perca um dos teus membros, e não seja todo o teu corpo lançado no inferno.”
Mat 6:22-23 “São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!”

A melhor arma contra a tentação? Agradecimento a Deus.

Sabe a pessoa mais difícil de se tentar? - Aquela que está satisfeita. Alguém disse: “Há duas maneiras de ser rico - possuir cada vez mais, ou ficar satisfeito com aquilo que você tem.” A pessoa satisfeita, contente com tudo que Deus já deu, é um alvo duro para o inimigo.

Outra arma poderosa contra a tentação é de encher nossas mentes com a Palavra de Deus. Decorando versículos e mantendo um tempo de leitura e estudo na Bíblia diariamente ajudam a manter os nosso pensamentos nas coisas lá do alto. Para quem acessa a Internet regularmente, um devocional diário como nosso “Jesus disse…” pode ajudar bastante. Este devocional traz a cada dia palavras do próprio Senhor junto com uma reflexão e uma oração para manter nossas mentes puras e focalizadas em Jesus. A assinatura do devocional, como todo material do site da Hermenêutica, é gratuita.

Mas, se cairmos? O que podemos fazer?

Às vezes caímos na tentação. Pecamos. Aí, ficamos desanimados. Ficamos frustrados conosco mesmo.

Às vezes até dá vontade de desistir. Podemos até sentir como hipócritas. Uma das mentiras mais devastadoras do inimigo é esta - “Você não consegue.” “Você não presta.” Quem diz isso não é Deus, é seu inimigo. Porque Deus espera você voltar para Ele. A solução? - Se levantar de novo.

Prov 24:16 “ porque sete vezes cairá o justo e se levantará; mas os perversos são derrubados pela calamidade.”


Em Parte 2 “A Tentação e a Graça de Deus  veremos como a graça de Deus pode ser um poderoso aliado na nossa luta contra a tentação.

Copyright © 2012 Dennis Downing e www.hermeneutica.com. Todos os direitos reservados. 

10/01/07