28 Novembro    



 

Então lhes disse: “Cuidado! Fiquem de sobreaviso contra todo tipo de ganância; a vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens”.

Lucas 12:15

Pensamento: Certa vez, quando serviu como missionário no Rio de Janeiro, Max Lucado foi visitar um irmão afastado. O irmão estava construindo uma casa num terreno perto de um pântano. Max ficou impressionado com a precariedade da situação. Foi quando o irmão virou para Max e confessou que a ganância o havia desviado da fé. "Ganância?" Max perguntou. "Você está levantando um barraco em um pântano, e você chama isso de ganância?" Daí, Max reconheceu "A ganância é relativa. Não é definida pelo valor das coisas, e sim pelo que ela custa a você". Alguns asseveram que Deus quer para nós, os filhos do Rei, mais, mais e mais. Aqui Jesus deixa claro o que Deus quer – mais e mais distância do apego às coisas materiais. O verdadeiro discípulo, o Cristão maduro, é aquele que consegue viver contente e satisfeito com o que tem, ou até com cada vez menos! O alerta é claro – cuidado com “todo tipo de ganância”. Quanto lhe custará amanhã, o tesouro que você está juntando hoje? E qual o valor das coisas do Reino em sua vida? Se o nosso apego define o valor das coisas em nossas vidas, o que é que nosso apego às coisas de Deus está dizendo?

Oração: Pai, eu luto tanto com esse problema. Perdoe meu apego aos bens materiais. E obrigado por Jesus incluir este alerta no Evangelho. Eu quero me apegar cada vez mais a Ele e cada menos a este mundo. Agradeço-lhe porque, pela beleza de Jesus, eu sinto este desejo crescendo em minha vida. Em nome do Rei Jesus eu oro. Amém. || Para mais mensagens de Max Lucado visite o sie oficial dele em português http://www.maxlucado.com.br

Dennis Downing é o autor do devocional diário "Jesus disse...",
Copyright © 2006-2009, Dennis Downing. Todos os direitos reservados. As citações bíblicas são da Nova Versão Internacional (Nda Sociedade Bíblica Internacional (www.sbibrasil.org.br), salvo indicação em coário.