24 Março    



 

“Mas eis que a mão daquele que vai me trair está com a minha sobre a mesa.”

Lucas 22:21

Pensamento: A mão de Judas estava na mesa, tomando o pão, passando o cálice, mas, o seu coração estava em outro lugar. É fácil odiar Judas pela traição e desprezá-lo pela falsidade. Ele ficou lá ouvindo as palavras de Jesus sobre serviço, atento ao ensino do Mestre sobre unidade. E o tempo todo planejando traição. Mas, quantas vezes, ao tomar a ceia, minha mente não estava em outro lugar? Quantas vezes com o gosto do pão e o sabor do suco ainda na minha boca, eu deixei meu coração enveredar por caminhos escuros? E se aconteceu dois minutos, duas horas ou dois dias depois, qual a diferença? Minha mão também esteve à mesa quando eu não era digno. O que preciso lembrar é que, mesmo sabendo disso, Jesus ainda passou o pão e o cálice para Judas. E cada vez que eu tomo a ceia ele ainda passa para mim. “Grande” é uma palavra muito pequena para descrever este amor. Mas, este é o amor de Jesus por mim e por você.

Oração: Bendito Senhor, como palavras falham para expressar o quanto nós lhe devemos. Obrigado pela ceia. Obrigado por passar o pão e o cálice, de mão em mão, de geração em geração até que chegou a nós. Que a ceia seja celebrada entre nós com o mesmo amor com qual foi entregue por Jesus. Em nome de Seu Filho oramos. Amém. || Leia também: http://www.hermeneutica.com/mensagens/um-manto-de-amor.html

Dennis Downing é o autor do devocional diário "Jesus disse...",
Copyright © 2006-2009, Dennis Downing. Todos os direitos reservados. As citações bíblicas são da Nova Versão Internacional (Nda Sociedade Bíblica Internacional (www.sbibrasil.org.br), salvo indicação em coário.